31 julho 2017

Chico Buarque lança 'Tua cantiga', primeira música de seu novo disco





Chico Buarque divulgou nesta sexta-feira, 28, a música Tua cantiga, uma das faixas de seu novo disco de estúdio, Caravanas, que tem previsão de lançamento para a segunda quinzena de agosto. 

O single está disponível em todas as plataformas digitais e ganhou também um videoclipe. A letra é assinada por Chico e a melodia é do pianista Cristóvão Bastos, com quem Chico já costuma trabalhar.

Caravanas é o 23º álbum solo de Chico Buarque e o primeiro após seis anos do lançamento de Chico1. O álbum contará com sete músicas inéditas e duas regravações de composições escritas por Chico, porém nunca registradas em sua voz.

Característica dos trabalhos de Chico Buarque, o álbum está rodeado de mistérios e, até onde se sabe, apenas os nomes de duas faixas foram divulgadas, As caravanas e Tua cantiga. O disco tem direção musical do violonista Luiz Cláudio Ramos e a banda que gravou o CD é composta pelo pianista João Rebouças, o baixista Jorge Helder e o baterista Jurim Moreira. 

Abaixo, confira o clipe oficial Tua cantiga:




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

    28 julho 2017

    Eu assisti: Pretty Little Liars

    "... Se eu lhe mostrar
    Então eu sei que você não vai dizer o que eu disse
    Porque dois só podem manter um segredo
    Se uma delas está morta."


    No dia 8 de junho de 2010, conhecemos a pacata cidade de Rosewood, que é uma cidade tão tranqüila e intocada que nunca se adivinharia que detém tantos segredos. Alguns dos piores pertencem a quatro amigas chamadas Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields, cujos segredos mais sombrios e escuros estão prestes a ser desvendados.

    O seriado Pretty Little Liars é uma série de televisão norte-americana baseada na popular série literária de mesmo nome escrita por Sara Shepherd. A série é protagonizada por Troian Bellisario, Ashley Benson, Lucy Hale, Shay Mitchell e Sasha Pieterse. Ganhou por 5 vezes consecutivas o Prêmio Teen Choice de Melhor Série de TV – Drama.

    A primeira temporada foca no retorno de Aria, depois de um ano, retorna à pacata cidade... E encontra as três outras amigas Hanna, Emily e Spancer que tinham uma amiga em comum Alison, a “abelha-rainha” de seu grupo de melhores amigas, desapareceu misteriosamente, sem deixar rastros. Alison as fez acreditar que seus segredos as uniriam, mas acontece justamente o contrário. Parece que todos na cidade de Rosewood estão mentindo sobre algo principalmente com o mistério em torno do desaparecimento de Alison


    Isso se chama imortalidade, minhas queridas.

    O grande mistério de Pretty Little Liars se dá pelo suposta morte de Alison, a “abelha-rainha” de seu grupo de melhores amigas, que desapareceu misteriosamente, sem deixar rastros. 

    As meninas Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields, se encontram na Missa de 1 ano de desaparecimento de Alison. A partir desse dia, quando todas estão “juntas” novamente, as meninas começam a receber mensagens de “-A”, contendo coisas que apenas Alison sabia, o que as faz pensar que a ex-melhor amiga ainda estaria viva, além de várias ofensas às garotas. Mas não poderia ser Alison, poderia? Com o decorrer da série, são apresentados vários suspeitos. Quem quer que seja, ele(a) parece saber todos os segredos das meninas e está observando cada um de seus movimentos. As meninas são amigas novamente, e elas estarão uma com a outra quando os seus segredos vierem à tona.

    O cenário é o cotidiano mostrando os personagens Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields o seu núcleo social (escola, família, parentes...) vivendo a sua rotina. E o personagem onipresente que intitula-se de -A que sabe de todos os segredos tanto das personagens  principais quanto dos seus familiares e está prestes á revelar.

    Eu ainda estou aqui, vadias. E eu sei de tudo. -A
    O protagonismo de Sasha Pieterse nas primeiras temporadas se dá, pelos flashbacks quando era "abelha rainha" na escola e  quando causava na pequena cidade de Rosewood e pelas memórias que o grupo de amigas compartilham. Com o retorno de Alison o telespectador fica um pouco confuso... com uma Alison assustada e um possível rendimento das suas maldades de quando era uma garota popular (A protagonista não convence parece estar sempre mentindo... ). 

    A 5° temporada é a mais cansativa por conta das "mentiras reveladas" que o telespectador ja desconfia de alguma dessas mentiras... A grande maldade são as falsas lembranças que são implatadas nas  então crianças e as mentiras acabam gerando outras mentiras mais cabeludas... Sim, eu já suspeitava que seria -A (ou o grupo -A) alguns episódios te dá algumas dicas...

    Confesso que, eu não estou tão aprensiva para ver a 7° temporada de Pretty Little Liars quanto eu estava para ver as temporadas anteriores... Acontece


    AVALIAÇÃO
    ⭐⭐⭐⭐⭐

    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

    24 julho 2017

    Canção de Segunda: "Dois lados" Tributo a banda Skank


    O inicio dos anos 90, foi uma época difícil para a produção musical no Brasil. Basicamente só ouvíamos sertanejo (qualquer semelhança com os dias atuais não é uma mera coincidência).Nelson Motta diz que este “foi o pior momento político, ético, econômico, social da história do país” e este clima refletiu diretamente na produção musical da época. 

    Não havia muito espaço para bandas como o Skank surgirem, já que as gravadoras não estavam dispostas a investirem em pop rock nacional, algo que tinha ficado lá nos anos 80. Pelo histórico já dá pra perceber que são artistas que lutaram e muito para conquistarem o merecido lugar ao sol.


    O Skank nasceu em 1991, em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais, que deu orgulho ao Brasil de ter alçado ao mundo nomes como Milton Nascimento, Sepultura e tantos outros. Samuel Rosa (guitarra e voz), Henrique Portugal (teclados), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferretti (bateria) reuniram-se em torno do mesmo interesse: transportar o clima do dancehall jamaicano para a tradição pop brasileira. O primeiro álbum , “Skank”, foi lançado de forma independente, em 1993, mas rapidamente o sucesso da banda na cena underground despertou o interesse da poderosa Sony Music. Junto ao Skank, a multinacional inaugurou no Brasil o selo Chaos.

    Lançado em 1994, o segundo disco do Skank foi o trampolim para o estrelato: foram vendidas mais de 1 milhão de cópias de “Calango” e músicas como “Jackie Tequila” e “Te Ver” tornaram-se verdadeiros hits, cantados por todo o país. O álbum abriu as portas para uma nova geração de bandas brasileiras atenta às novidades do rock mundial e, ao mesmo tempo, curiosa com as raízes da tradição local.

    Eu comentei no blog da Tati Aponte que: A banda Skank foi nos anos 90 o que a banda Jota-quest viria a se transformar nos anos 2000… Não tem como passar pela infância-adolescência sem ouvir pelo menos umas 3ou9 musicas dessas  duas bandas.


    Eu quero te provar, cozida  e a vapor sem medo e sem amor
    Oh, quero te provar
    A minha prima nasceu em meados de 94 e eu lembro que passava o final de semana na casa do meu tio brincando com a minha prima mais nova... E esse CD sempre estava rolando pois, o meu tio adorava! E foi um dos primeiros CDs que eu ouvia TODAS as faixas!

    A grande pérola musical “Eu quero te provar, cozida e a vapor ...” eu soltei num tipico almoço de familia e arranquei gargalhadas dos meus tios e outros parentes. Não lembro de ser corrigida naquela ocasião, mas eu sempre gostei de cantar essa musica errado hahaha

    A arte é capaz de reunir todas as dimensões humanas e o Skank conseguiu entender exatamente a função socializadora que possui.

    Homenagem feita ao Skank por artistas da nova geração



    Eu acredito que Tributo bom é aquele onde os musicos estejam vivos para ver/sentir a importancia da sua obra e o o produtor mineiro Pedro Ferreira  pensa  da mesma maneira quando lançou a Coletânea “Dois Lados”.

    O Pedro tem experiência no assunto “coletâneas”, pois ele é responsável por dois projetos anteriores interessantes, que é a coletânea “Re-trato”, em homenagem a banda Los Hermanos realizada em 2012, e outra em homenagem ao cantor Milton Nascimento e ao Clube da Esquina denominada “Mil Tom” realizada em 2015.

    Assim como nos projetos acima, no álbum “Dois Lados” os sucessos do Skank são cantados por novos artistas brasileiros, como: francisco, el hombre, A Banda Mais Bonita da Cidade, Fernando Anitelli, Anavitória, Cobra Coral, Garotas Suecas, dentre outros.

    Eles imprimem sua personalidade ao cantar as músicas dos mineiros, e o resultado ficou bem interessante. O projeto gerou um álbum duplo com 15 faixas cada, ou seja, são 30 músicas cantadas por diversos artistas. 

    Admito que sou a "chata de galochas" quando trata-se de versões musicais eu sempre prefiro a original... Porém, a personalidade dos cantores muito me chamam a atenção e o formato ficou bacana!

    O Pedro é muito gente boa e fez um disco sem fins lucrativos, totalmente independente e que não será comercializado! O produto final pode ser ouvido na plataforma de streaming Soundcloud e através de download gratuito na página do Scream&Yell. 

    1. Anavitória – Amores Imperfeitos
    2. Cobra Coral – Esquecimento
    3. Quarup – Vamos Fugir
    4. The Baggios – A Cerca
    5. francisco, el hombre – Pacato Cidadão
    6. Esteban Tavares – Mil Acasos
    7. Teago – Esmola
    8. Manitu – Garota Nacional
    9. Seu Pereira e Coletivo 401 – Ela Me Deixou
    10. Zé Manoel – Tanto (I Want You)
    11. A Banda Mais Bonita da Cidade – Canção Noturna
    12. Wado – Dois Rios13 – Jéf – Sutilmente
    13. Ana Muller – Acima do Sol 
    14. André Abujamra + Sergio Soffiatti – Sem Terra
    15. Rico Dalasam – Não Vem Brincar de Amor (Bônus Track) 
                                
    Dois Lados – Disco 2
    https://soundcloud.com/coletaneadoislados/sets/dois-lados-disco-2

    1. Ana Larousse + Leo Fressato – Tão Seu
    2. Fernando Anitelli – Formato Mínimo
    3. Transmissor – Siderado
    4. Tuyo – Três Lados
    5. Nevilton – Te Ver 
    6. Selvagens à Procura de Lei – Ali
    7. Phill Veras – Vou Deixar
    8. Graveola – Baixada News
    9. Phillip Long + Eduardo Kusdra – Resposta
    10. Sr. Gonzales – Ainda Gosto Dela
    11. Ian Ramil – Homem Que Sabia Demais
    12. Garotas Suecas – Mandrake e Os Cubanos
    13. Lulina – In(dig)nação
    14. Dani Black – Saideira
    15. Gabriel Gonti – Um Mais Um
    16. Medulla – As Noites (Bônus Track)
    FICHA TÉCNICA:

    Projeto idealizado e produzido por Pedro Ferreira.
    Realização: Scream&Yell.
    Masterização por Eduardo Kusdra no Estúdio Arte Master (Araras – SP).
    Produção artística e executiva: Pedro Ferreira.
    Ilustrações: Luyse Costa.
    Projeto gráfico: Mariana Viana.






    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

    17 julho 2017

    #MLI2017 - Em Algum Lugar nas Estrelas


    Para quem chegou aqui agora. Estou participando da #MLI2017| MARATONA LITERÁRIA DE INVERNO. Além de, resenhar e escrever a minha opinião dos livros que eu vou lendo eu irei relatar "diariamente" como está sendo a minha experiência de leitura em uma maratona literária.

    Eu comecei o esquenta (15) com o livro Em Algum Lugar nas Estrelas, da Clare Vanderpool que estava "mofando" na minha bolsa á alguns meses... Ignorei o marcador de páginas e re-comecei a ler do inicio, antes mesmo de começar a ler os escolhidos para a minha TBR.

    O começo foi um pouco lento, tentando administrar as saídas do final de semana (Aniversário de criança) e lêr ao mesmo tempo, mas no final das contas percebi que tinha atingido a minha meta pessoal de 100 paginas por dia e levei dois dias para ler o meu primeiro livro. Eu tirei proveito dos Sprints que aconteciam nas redes sociais e os chats do aplicativo da MLI 2017 para dar um pouco mais de gás na leitura.



    Em Algum Lugar Nas Estrelas (Navigating Early)
    Escritora: Clare Vanderpool
    Editora: Darkside Books
    Ano: 2016




    “Quando chove, é sempre Billie Holiday”

    EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.
    “Ligar os pontos. Minha mãe dizia que olhar as estrelas tinha a ver com isso. Lá em cima é como aqui embaixo, Jackie. Você precisa procurar as coisas que nos conectam. Encontrar os jeitos com que nossos caminhos se cruzam, nossas vidas se interceptam e nossos corações se encontram.”
    Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor.

    Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: 
    Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. 
    O comportamento de Early como "menino estranho" não é descrito com nenhuma sindrome. A síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra o que deixou a história do personagem com um pouco mais de levesa apesar dos problemas que ele aparentava em seu comportamento.
    “Quando o oceano molhou meus pés, percebi que Early Ausden, o mais estranho dos garotos, tinha me salvado de ser levado embora. Ele me salvou quando me ensinou a reconstruir um barco, que os números contam historias e que, quando chove, é sempre Billie Holiday.”
    Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.
    “Os que quase se deixam consumir pela caçada, os desesperados, digamos, por aquilo que acham que procuram, normalmente estão bem longe do que de fato estão procurando. É verdade, também, que às vezes eles não estão procurando nada, mas fugindo de alguma coisa.”
    O livro EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é uma daquelas grandes histórias que permanecerá comigo muito tempo, a perfeição vem desde a trilha sonora (spotify) com musicas que lhe transportam para uma viajem literária mais sensorial. A realidade pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso.



    “Não existem coincidências. Apenas milagres e aos montes.”

    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

    14 julho 2017

    Série: Pretty Little Liars


    Pretty Little Liars é uma série de televisão norte-americana baseada na popular série literária de mesmo nome escrita por Sara Shepherd. A série é protagonizada por Troian Bellisario, Ashley Benson, Lucy Hale, Shay Mitchell e Sasha Pieterse. Ganhou por 5 vezes consecutivas o Prêmio Teen Choice de Melhor Série de TV – Drama.

    Estreou em 8 de junho de 2010 no canal ABC Family (Freeform desde 2016). O sucesso de classificações dos primeiros 10 episódios solicitaram que a série literária fosse estendida para além dos 8 primeiros títulos. Em 26 de março de 2013, ABC Family anunciou que um spin-off, Ravenswood, iria ao ar em outubro de 2013. O spin-off foi ao ar com 10 episódios antes de ser cancelado. Em 29 de agosto de 2016, foi oficialmente anunciado o término da série após o fim da sétima temporada. Filmagens da série foram finalizadas oficialmente em 26 de outubro de 2016.

    O último episódio da série foi exibido no dia 27 de junho de 2017, transmitido ao vivo pela emissora Freeform.
                       

    Cinco amigas inseparáveis têm suas vidas mudadas para sempre quando uma delas, a líder do grupo, desaparece misteriosamente. Um ano depois, Alison ainda está sumida e ninguém sabe se ela ainda está viva. Enquanto isso, as outras quatro adolescentes passam a receber mensagens ameaçadoras de alguém que sabe de um grande segredo que elas guardam.
    O que as quatro a migas realmente sabem sobre o desaparecimento de Alison? Será que elas têm alguma culpa? Quem parece estar vigiando cada passo das meninas e enviando mensagens assustadoras que expõem seus segredos mais íntimos, dos quais apenas Alison sabia? Seria a própria Alison, se ela ainda estiver viva, ou seria outra pessoa que sempre esteve de olho nelas?
    Além de terem que lidar com um segredo que tentam manter a todo o custo, as quatro amigas têm vários problemas pessoais a resolver na pequena cidade onde moram: conflitos na família e nos relacionamentos amorosos não ficam de fora do dia-a-dia de cada uma delas.
                        

    Sou Fangirl, desde ano passado. Quando eu descobri as maravilhas do Netflix... Estou tirando o atraso das séries mais antigas estou na 3° temporada ainda é cedo para escrever um relato mais pessoal sobre as minhas impressões sobre a série.



    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

    13 julho 2017

    Semana 24: Casais preferidos: (filmes, seriados, livros)

    Projeto 52X5 . Explico melhor o projeto nesse post aqui



    Summer e Seth - OC-Um estranho no paraiso


    Eu comecei a assistir OC-Um estranho no paraiso ano passado mas, ja tinha avisado por aqui que eu estava assistindo dgevagar... No dia 19 de maio de 2017 depois de fazer uma maratona das duas ultimas temporadas eu terminei de ver a série completa. Irei sentir saudades da Summer e Seth que é o meu casal favorito durante todas as temporadas chorei demais quando eles duvidaram da relação deles por serem muito jovens... As festividades do Natanukká... O capitão aveia e a Princesa Faisca... A série ficticia The Valley... e por ultimo a coelhinha panqueca.


    Blair Waldorf e Chuck Bass - Gossip Girls

     

    Ele e Blair ganharam o público e se tornaram o casal favorito da série ganhando o #Chair. Apesar do relação complicada com Blair, ele quase a pede em casamento. Entretanto, o relacionamento dos dois é cheio de idas e vindas por causa do lado sombrio de Chuck. Blair e Chuck não se completam, são imperfeitos e se encontram em seus defeitos. Em muitos momentos, são detestáveis, até você se ver torcendo pelos dois. A idéia do casal que começou do pó e por muito tempo assim permaneceu conseguiu me prender. O romance é o imã da série. Foi ainda melhor acompanhar o crescimento de ambos os personagens, conforme as temporadas iam se passando, e poder compará-los do primeiro ao último episódio.

    Dan e Serena - Gossip Girl


    O casal fofinho que o Dan faz com a Serena foi um dos primeiros motivos que me fez acompanhar a série Gossip Girl.

    Barney e Robin - How Met Your Mother


    O primeiro beijo de Barney e Robin me fez dar gritinhos no sofá aqui de casa, depois de assistirem o maravilhoso clipe de Robin Sparkles com James Van Der Beek (o eterno Dawson): Sandcastles in the Sand.

    Lily e Marshall - How I Met Your Mother (Como Eu Conheci Sua Mãe) -


    O que eu mais adoro no seriado é o casal Marshall e Lily. Eles tem muita química, é incrível de ver. Estou na 7° temporada e eles são lindos...


    Quais são seus casais preferidos??? 
    (filmes, seriados, livros)


    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
    Snapchat: Lmilla5

    12 julho 2017

    TBR #MLI2017 | MARATONA LITERÁRIA DE INVERNO 2017


    Todo ano, o Victor do canal Geek Freak faz uma maratona literária para estimular a leitura e fazer com que a gente tire o atraso e dê um impulso nos livros acumulados. E esse ano não está sendo diferente! No começo do ano já tivemos a #MLV durante o verão e agora no inverno teremos mais uma maratona.

    Ela começará no dia 16 de julho e vai durar até o dia 30 desse mês. Além de um esquenta no dia 15 para dar aquele gás na maratona!

    Como nas edições anteriores, teremos uns desafios a cumprir, começando com os livros que vamos escolher para ler durante a #MLI2017.



    Os participantes podem escolher se querem participar com desafios, fáceis, intermediários ou hardcore. O que eu escolhi foi o Nivel Facil, já que caso você escolha o intermediário ou hardcore você também terá que cumprir as bombas dos outros níveis.

    E os desafios são:

    Nível Fácil:
    • Ler um livro com a capa azul: Passarinho - Crystal Chan
    • Ler um livro com menos de 200 páginas: A probabilidade Estatistica do Amor
    • Ler um livro que você comprou pela capa: Tudo aquilo que nunca foi dito Marc Levy



    Nível Intermediário:
    • Ler um livro escrito por uma mulher:
    • Ler um livro sem saber a sinopse, ou do que se trata:
    • Ler um livro nacional:
    Nível Hardcore:
    • Ler um livro que se passe em um período histórico importante
    • Ler um livro com pontuação no título
    • Ler um livro que é muito criticado ou que alguém não gostou

    Vocês vão participar da maratona também? Me contem o que acharam e quais livros vocês pretendem ler!



    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
    Snapchat: Lmilla5

    11 julho 2017

    [BOOK HAUL] Livros do primeiro Semestre de 2017


    No final do mês de março, eu fiz um BOOK HAUL trimestral. No inicio desse ano, saiu um "trocadinhos" que eu não tava esperando... E algumas voltinhas em livrarias&derivados acabei comprando alguns livros que eu estava querendo ler á um tempo... Porém, prometi que iria trazer o Book Haul do primeiro semestre desse ano.

    Livros adiquiridos no primeiro trimestre de 2017

    Nesse primeiro semestre, as minhas leituras andam bastante devagar... Escrevi algumas resenhas dos primeiros livros que li esse ano.

    Ultimos livros adquiridos

    Que tal conhecer minhas próximas leituras e resenhas aqui pro blog? Todas as sinopses foram tiradas do Skoob.

    Passarinho - O avô de Joia parou de falar no dia em que matou o irmão dela. O menino se chamava John, e achava que tinha asas. Subia e saltava do alto de qualquer coisa, até ganhar do avô o apelido de Passarinho. Joia não teve a chance de conhecê-lo, pois Passarinho se jogou do penhasco bem no dia em que ela nasceu. Ainda assim, por muito tempo ela viveu à sombra de suas asas. Agora, aos doze anos, Joia mora em uma casa tomada por silêncio e segredos. Os pais culpam o avô pela tragédia do passado, atribuem a ele a má sorte da família. Joia tem certeza de que nunca será tão amada quanto o irmão, até que ela conhece um garoto misterioso no alto de uma árvore. Um garoto que também se chama John. O avô está convencido de que esse novo amigo é um duppy — um espírito maldoso —, mas Joia sabe que isso não é verdade. E talvez em John esteja a chave para quebrar a maldição que recaiu sobre sua família desde que Passarinho morreu.


    Em Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito, Marc Levy aborda a relação conflituosa entre um pai e uma filha. Poucos dias antes do seu casamento, Julia recebe um telefonema do secretário de seu pai. Como ela já tinha previsto, Anthony Walsh - empresário brilhante, mas pai distante - não poderá comparecer à cerimônia.A ausência de seu pai em momentos importantes de sua vida da filha não é novidade para Julia. Mas pela primeira vez, a personagem tem que reconhecer que ele tem uma boa desculpa: Anthony Walsh morreu.



    A Guerra que salvou a minha vida: A narrativa se passa durante a Segunda Guerra Mundial, onde os irmãos Ada e James vivem com a mãe em Londres. Nós conhecemos a protagonista da trama logo no início, quando somos apresentados a uma menina de dez anos que sofre agressões físicas e psicológicas de sua mãe porque ela tem ”pé torto”. Enquanto seu irmão James – ao qual ela é muito apegada e serve de motivação para que ela siga em frente – pode sair e descobrir o mundo brincando com as outras crianças, ela precisa ficar isolada em seu apartamento, pois sua mãe a considerada uma vergonha e acredita que ela não é merecedora de ser feliz pela deficiência que tem.[resenha]


    Em Algum Lugar nas Estrelas: é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. 


    Feliz Ano Velho: A partir do acidente que sofreu ao dar um mergulho e bater a cabeça, Marcelo vê sua vida mudar radicalmente. Seus dias no hospital, as visitas que recebeu, as histórias que viveu são relatadas sob uma nova perspectiva: a de um jovem que sempre fez tudo o que podia e queria, e que, agora, sentado em uma cadeira de rodas, vê-se impotente diante dos acontecimentos, dependendo da ajuda de amigos e familiares para reaprender a viver.


    Bling Ring (A Gangue de Hollywood) - Entre 2008 e 2009, as residências de Lindsay Lohan, Orlando Bloom, Paris Hilton e diversas outras celebridades foram invadidas e saqueadas. Os ladrões, um grupo de jovens criados em um endinheirado subúrbio de Los Angeles, levaram o equivalente a 3 milhões de dólares em joias, dinheiro e artigos de grife, como relógios Rolex, bolsas Louis Vuitton, perfumes Chanel e jaquetas Diane von Furstenberg. As notícias surpreendentes sobre o caso chocaram Hollywood e intrigaram o mundo. Por que esses garotos, que em nada correspondiam à tradicional imagem dos bandidos, realizaram crimes tão ousados?


    Uma Maratona Literária  #MLI2017 cairia bem nesse inverno né???



    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
    Snapchat: Lmilla5

    10 julho 2017

    Canção de Segunda: La bicicleta - Shakira


    "La bicicleta" é uma canção dos cantores colombianos Carlos Vives e Shakira que estará presente no próximo álbum de estúdio de Vives, intitulado Vives. A canção foi escrita por ambos os cantores e produzida por Andrés Castro e marca a primeira colaboração de Shakira com um colega colombiano. "La bicicleta" destina-se a representar os estilos musicais da porção caribenha da Colômbia. É uma canção com uma mistura de vários elementos musicais — vallenato, pop e cumbia, apresenta instrumentos de sopro indígenas e acordeões. Liricamente, é uma canção nostálgica, descrevendo o passeio do duo com uma bicicleta em lugares de sua infância.

    A crítica especializada avaliou a canção positivamente, elogiando-a por sua melodia cativante e a inclusão de vários elementos da música colombiana. Após a sua divulgação, o single conseguiu atingir o top 10 em inúmeras paradas latinas da Billboard, incluindo o número dois nas Hot Latin Songs e um no Latin Pop Airplay. Um videoclipe para "La bicicleta" foi filmado em 19 de maio de 2016em Barranquilla e Santa Marta sob a direção de Jaume de Laiguana. O clipe estreou em 8 de julho de 2016 e apresenta Shakira e Vives andando de bicicleta ao longo da costa caribenha da Colômbia, visitando suas cidades natal e em contato com os moradores locais. Após a sua divulgação o videoclipe recebido de forma positiva pelos críticos devido à sua natureza lúdica e representação precisa da cultura colombiana. A canção ganhou dois prêmios Grammy no 17º Latin Grammy Awardsnas categorias de Canção do Ano e Gravação do Ano.
        


    A Bicicleta
    Não vou fazer nada
    Remexendo nas feridas do passado
    Não vou perder
    Não quero ser um cara do outro lado

    O seu jeito descomplicado
    em uma bici que me leva a todos os lados
    Um vallenato desesperado
    Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você
    Eu a guardo aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você

    Eu posso ser feliz
    Andando relaxada entre as pessoas
    Eu te quero assim
    E gosto de você porque é diferente

    Do meu jeito, descabelado
    Em uma bicicleta que leva você a todos os lugares
    Um vallenato desesperado

    Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você
    Eu a guardo aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você

    Ela é a favorita, cantando na área
    Ela mexe o quadril como um navio sobre as ondas
    Fica com os pés descalços, como uma criança adora
    E seu cabelo é longo é um sol que te deseja
    Ela gosta de ser chamada de menina
    Ela gosta que a olhem quando dança sozinha
    Ela gosta mais de casa, quando as horas não passam
    Ela gosta de Barranquilla, gosta de Barcelona

    Leva, me leva na sua bicicleta
    Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
    Eu quero que a gente caminhe juntos nessa área
    De Santa Marta a La Arenosa
    Leva, me leva na sua bicicleta
    Pra jogarmos bola, tampa usando chinelos
    Talvez algum dia vou mostrar ao Pique o Tayrona
    Depois ele não vai querer voltar à Barcelona

    a minha maneira, descomplicado
    Em uma bicicleta que leva você a todos os lugares
    Um vallenato desesperado
    Eu guardo uma cartinha aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você
    Eu a guardo aonde eu escrevi
    Que sonho com você e que te amo tanto
    É que faz tempo que meu coração
    Está batendo por você

    Leva, me leva na sua bicicleta
    Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
    Talvez algum dia vou mostrar ao Pique o Tayrona
    Depois ele não vai querer voltar à BarcelonaLeva, me leva na sua bicicleta
    Me ouça, Carlos, me leve na sua bicicleta
    Assim você mostra ao Pique o Tayrona
    Depois ele não vai querer voltar à Barcelona




    Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
    Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):
    Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo