17 julho 2017

#MLI2017 - Em Algum Lugar nas Estrelas


Para quem chegou aqui agora. Estou participando da #MLI2017| MARATONA LITERÁRIA DE INVERNO. Além de, resenhar e escrever a minha opinião dos livros que eu vou lendo eu irei relatar "diariamente" como está sendo a minha experiência de leitura em uma maratona literária.

Eu comecei o esquenta (15) com o livro Em Algum Lugar nas Estrelas, da Clare Vanderpool que estava "mofando" na minha bolsa á alguns meses... Ignorei o marcador de páginas e re-comecei a ler do inicio, antes mesmo de começar a ler os escolhidos para a minha TBR.

O começo foi um pouco lento, tentando administrar as saídas do final de semana (Aniversário de criança) e lêr ao mesmo tempo, mas no final das contas percebi que tinha atingido a minha meta pessoal de 100 paginas por dia e levei dois dias para ler o meu primeiro livro. Eu tirei proveito dos Sprints que aconteciam nas redes sociais e os chats do aplicativo da MLI 2017 para dar um pouco mais de gás na leitura.



Em Algum Lugar Nas Estrelas (Navigating Early)
Escritora: Clare Vanderpool
Editora: Darkside Books
Ano: 2016




“Quando chove, é sempre Billie Holiday”

EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.
“Ligar os pontos. Minha mãe dizia que olhar as estrelas tinha a ver com isso. Lá em cima é como aqui embaixo, Jackie. Você precisa procurar as coisas que nos conectam. Encontrar os jeitos com que nossos caminhos se cruzam, nossas vidas se interceptam e nossos corações se encontram.”
Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor.

Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: 
Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. 
O comportamento de Early como "menino estranho" não é descrito com nenhuma sindrome. A síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra o que deixou a história do personagem com um pouco mais de levesa apesar dos problemas que ele aparentava em seu comportamento.
“Quando o oceano molhou meus pés, percebi que Early Ausden, o mais estranho dos garotos, tinha me salvado de ser levado embora. Ele me salvou quando me ensinou a reconstruir um barco, que os números contam historias e que, quando chove, é sempre Billie Holiday.”
Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.
“Os que quase se deixam consumir pela caçada, os desesperados, digamos, por aquilo que acham que procuram, normalmente estão bem longe do que de fato estão procurando. É verdade, também, que às vezes eles não estão procurando nada, mas fugindo de alguma coisa.”
O livro EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é uma daquelas grandes histórias que permanecerá comigo muito tempo, a perfeição vem desde a trilha sonora (spotify) com musicas que lhe transportam para uma viajem literária mais sensorial. A realidade pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso.



“Não existem coincidências. Apenas milagres e aos montes.”

Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei tagarelando por lá também (principalmente no Snap!!):

17 comentários

  1. Que top. Estou com esse livro na estante e quero ler ele mais rápido possível. Adorei sua resenha, não há spoilers que possam ser identificados com facilidade. Há apenas o necessário que permuta em uma dúvida que sempre tive. Obrigado e parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Pense em um livro lindo!!! É esse, estou louco para ler! Já estava com vontade, após ler sua resenha fiquei ainda mais ansioso! Os trechos que você escolheu também são lindos! Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Camyli!

    Esse livro está na minha estante desde o início do ano e estou quase iniciando a leitura, pois eu sorteei os livros que comprei no começo do ano e ele caiu para o mês de novembro, se não me engano. Estou cheia de boas expectativas para saber mais da história. O livro é lindo, como toda a produção da Darkside Books. Linda resenha, as fotos estão maravilhosas! Beijos,

    Drica.

    ResponderExcluir
  4. Oi Cá, que demais esta experiência! Escrever, resenhar e relatar é um cumulado de tarefa e tanto! Mas te desejo toda sorte do mundo!!
    Sobre o livro "em algum lugar nas estrelas" só posso afirmar que gostei da maneira que você escreve e com quantas boas opiniões sobre a história.
    Um super beijo!

    ResponderExcluir
  5. Tive muitas criticas positivas referente a este livro e já estou louca pra lê-lo.
    A sua resenha me deixou com mais vontade ainda.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. O design desse livro é impecável, da vontade de comprar só beleza! Mas pela sua resenha, a história também não fica atrás. Parece do tipo que nos faz refletir, adorei ♡
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Camyli, tudo bem?

    Já vi muitas pessoas elogiando este livro e tenho muita vontade de iniciar a leitura, pois tenho certeza que me apaixonaria. O livro tem uma premissa muito interessante e com certeza desperta a curiosidade do leitor. A edição parece fantástica, daquelas que temos que ter. Também estou participando da MLI2017 e será um prazer ver você falando dos livros lidos aqui!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Heeey! Eu não aguento mais resenha desse livro, PRECISO LER ELE HAHA. Todo mundo elogia muito e parece ser muito. Eu tbm estou participando da MLI 2017, que nos não flopemos AMÉM.
    Abraços.
    https://diarioleitorblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Já vi esse livro em vários outros blogs e gostaria de ler, EU NECESSITO ler ele de tanta resenha que já li.

    http://blogquinzeprasnove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já li esse livro e também me apaixonei por ele e pela forma como a história é contada.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem? Ainda não conhecia a obra mas gostei muito da indicação. Pelo enredo parece ser um ótimo livro. Também estou participando da maratona mas não sei se vou conseguir ler todos os títulos =/ Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  12. O que falar desse livro não é mesmo? Terminei a leitura desse mesmo há alguns dias e também esta sendo difícil esquece-lo (ainda bem) �� Amei os personagens principalmente o Early! Gostei do seu estilo de resenha também, sem muito spoiler☺️☺️

    ResponderExcluir
  13. Eu já li "Minha Vida Fora dos Trilhos", que é da mesma autora, mas ainda não tive oportunidade de ler esse, o que é uma pena. A edição, pelo que sei, é encantadora e a história parece ser fantástica e maravilhosa do jeitinho que eu gosto. Essas histórias que se passam em guerras e com personagens não muito bem compreendidos pelo mundo me encantam. Ele está na minha wishlist, com toda a certeza :)

    ResponderExcluir
  14. Já tinha visto esse livro e achei linda a capa, mas lendo tua resenha quando me deparei ao final com este frase: "A realidade pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso." Percebi que este livro merece uma chance no futuro.

    ResponderExcluir
  15. Eu quero ler esse livro desde que a DarkSide anunciou o lançamento, e a cada esenha que leio tenho mais certeza de que vai ser uma daquelas obras que mudam a forma que vejo o mundo. Ótimo resenha e adorei a sua ideia de compartilhar diariamente sua experiência com a maratona!
    Literalize-se

    ResponderExcluir
  16. Eu li esse livro ano passado e me apaixonei pela escrita da autora! Estou lendo minha vida fora dos trilhos, também da Clare! Amei sua resenha! Um beijo ❤

    ResponderExcluir
  17. Esse foi pra mim um dos melhores livros do ano. Sou apaixonada por essa história e quando comecei essa leitura, eu simplesmente não consegui parar até concluir o livro. Comecei ele num domingo fim de tarde e fui terminá-lo no início da madrugada daquela mesma noite.
    Ele é maravilhoso, tocante e muito simples. Estou esperando ansiosamente o novo livro da Claire chegar aqui em casa.

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo