31 julho 2015

Resumo do mês:Julho/2015


O que teve no mês de Julho?



Teve, [Micro - Contos]: Ponto final.

Teve, texto pessoal Life's a climb...♪- Sobre o tal do trabalho de conclusão de curso http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/lifes-climb.html

Teve, #MLI - Maratona Literária de Inverno

Teve, projeto-fotográfico - Mês a mês

Teve, O fim do projeto-101-coisas-em-1001-dias 

Teve, A TAG Canção de Segunda que fazia um mês que não atualizava... 

Teve, #resenha do filme Cidades de Papel. Os roteiristas desse filme foram realmente incríveis e se preocuparam com a fidedignidade da adaptação, ao inserirem diversas passagens do enredo de maneira literal a ponto de termos transcrições de falas e de pensamento http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/filme-cidades-de-papel-paper-towns.html

Teve, a volta do projeto 52 semanas 
com a Semana 14: Meus sites preferidos na internet: http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/projeto-52x5-semana-14-meus-sites.html 

Teve, texto inspirado no blog da Fernanda Tenho um Blog, e agora? http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/tenho-um-blog-e-agora.html

Teve, Textos ressuscitados do blog antigo Escrevendo eu falo pra C*… http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/escrevendo-eu-falo-pra-c.html

Teve, Fotografando Domingos: No teatro! teve uma peça de improvisos chamado de Z.É -  Zenas Emprovisadas http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/fotografando-domingos-ze-zenas.html

Estou fazendo teatro e escrevi um pouco sobre... Por que fazer teatro?http://ladomilla.blogspot.com.br/2015/07/por-que-fazer-teatro.html




29 julho 2015

Semana 16: Isso, pra mim, não é diversão:


Esse post faz parte do projeto 52X5 .
Explico melhor o projeto nesse post aqui.


Touradas
  


UFC




Bullyng.








Fofoca



Cyberbullying









E para você, 
o que não é diversão?


27 julho 2015

Canção de Segunda - Novela Caminho das Indias


Caminho das Índias foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela da Rede Globo na faixa das 21 horas, entre 19 de janeiro e 11 de setembro de 2009, em 203 capítulos, Foi escrita por Glória Perez. Hoje, essa novela chuchu começou a ser reprisada no Vale a pena ver de novo e hoje aqui tem "Canção de Segunda" então...

5 músicas da novela "Caminho das Índias"


Eu nasci há 10 mil anos atrás - Nando Reis



Puro êxtase - Barão Vermelho



Alma - Zélia Ducan


Memórias Pitty



O Vento Vai Responder - Zé Ramalho




Caminho Das Índias - Tema de Abertura Completo



Fotografando Domingos: Z.É. - Zenas Emprovisadas

No final do mês de Julho do ano passa, nasceu um projeto chamado "fotografando Domingos..." que consiste em colocar aqui, registros do meu final de semana (sexta-sábado e domingo). Não tem quantidade exata de fotos, pois, irá depender da quantidade de fotos que eu mesma fotografe nesses dias...
 
O "Zé" possui um grupo fixo de artistas em seu elenco compostos pelo divo Marcelo Adnet, pelo lindo do Rafael Queiroga, pelo fodástico Fernando Caruso e pela coisa mais fofa desse mundo, Gregório Duvivier e possui três momentos/etapas no show: a primeira é um esquete com uma cena já ensaiada por eles, a segunda são improvisações baseadas em um aula de teatro proposta pelo artista convidado da apresentação (Marcio Mellen) e, por fim, os jogos que são desenvolvidos baseados em sugestões da plateia. 

Ganhei dois ingressos que o teatro aqui de Florianópolis/SC fez no facebook!

Eu, que não ganho nem sorteio de bala... Soube do resultado do sorteio e fui conferir não ganhei apenas 1 e sim 2 ingressos na penúltima sessão do dia! Fiquei receosa com a minha companhia pois não tinha certeza se ela iria gostar... Minha vó adorou! não parou de rir um segundo.

Minha vó! 
Minha sessão foi a penúltima da noite e isso tem algumas implicâncias do tipo: os atores tinham pouco tempo para se preparar para a próxima sessão... Não receberam ninguém depois do espetáculo (queria uma foto com Gregório #mimimi). O espetáculo em si, foi incrível! Fiquei próximo ao palco, dei muitas risadas com as piadas rápidas e inteligentes sem perder o time em nenhum momento do espetáculo.  

Algumas fotos do espetáculo







Eu super recomendo o Z.É! Para quem gosta desse tipo de espetáculo, e principalmente e principalmente adora dar boas gargalhadas. Não esquece de dar uma olhada na agenda deles, visitar o site, conferir os vídeos no youtube e ser feliz!

26 julho 2015

Escrevendo eu falo pra C*…

Parada em frente ao computador me encontro, digitando algumas palavras para um novo POST. Meus pensamentos tem uma velocidade muito superior as minhas dedilhadas no teclado… Volto a re-lêr e re-escrever algumas vírgulas, e pontos finais que provavelmente tenha esquecido.

Gosto quem tem o DOM de transformar a melodia do dia-a-dia em Versos… Não basta ouvir o canto dos pássaros, ver a pedra no caminho de Drummond. Para mim pelo menos, preciso ler a poesia do dia-a-dia como a cegueira de um cego precisassem do tato/audição, para interpretar a beleza que a deficiência não deixa ver. Nem de longe vou discutir sobre Deficiência X Eficiência, pois como já escreveu Martha Medeiros “Tudo que precisamos é conviver bem com os nossos desalinhos, com as nossas perdas…”.

Desde a bagunça nos Versos… Estou postando uma ou duas vezes por semana falando sobre o meus dia-a-dia, desalinhos e sentimentos. Só não contava que o primeiro semestre de 2013 estaria sendo tão… Apático, isso se deve a cirurgia dos meus pés e o trancamento da faculdade depois de tantas idas e vindas.

Sinto falta da “Rotina” sei que semana que vem vou reclamar muito no Twiiter por causa dela, mas estarei narrando um fato do cotidiano (mesmo sendo com 140 caracteres ¬¬) e algo além das quatro paredes ao meu redor… Quero ver coisas corriqueiras da rotina, quero conversas e momentos que, valham a pena descrever aqui no Versos… mas, também não quero transformar o meu Blog em “#mimimi’s diários” com a desculpa de que o Versos em bossa… É um blog pessoal.

Vai além de “escrever a sobre falta do que escrever” poderia escrever textos cheios de frases de impacto e recheá-las com alguns clichês… Mas eu não consigo exprimir sentimentos contrários quando eu escrevo; entrego-me a melancolia em cada vírgula, há indireta em cada palavra e cada frase eu entrego os meus sentimentos, metáforas, trocadilhos, referências.

Saber descrever sobre a monotonia dos dias é um dos DONS que mais admiro no escritor: A pedra nunca mais será uma simples pedra, aos olhos de Drummond…


Escrito no dia 26 de Julho de 2013

20 julho 2015

Tenho um Blog, e agora?

Inspirado no blog da Fernanda
que se inspirou nesse blog genial aqui.



Quando começou a pipocar na blogosfera postagens do tipo "5 coisas que eu não gosto no seu blog!" lembrei-me do famoso ditado popular que diz que: "A grama do vizinho sempre é mais verde...". Porém, a “grama” do vizinho também pode ser e mal regadas e um tanto feias... A questão é: Quando estamos focados na nossa vida. Não nos interessamos na vida dos outros!

Quando criamos um Blog, esse espaço começa a fazer parte da nossa rotina... Mais que isso, O Blog caba sendo uma extensão de nós mesmos. Entendo a Blogosfera como sendo um “Palco” onde podemos falar sobre tudo que temos vontade. Todo palco, precisa de um ator (quem escreve) e de uma platéia (leitores fiéis!) queremos agradar esse publico, para que esses leitores sempre queiram retornar para o nosso blog e se identifiquem com os nossos textos...

5 dicas para o seu Blog:


1. A sua atividade não é parâmetro de melhor/pior para ninguém;

Sabe aquele Blog da Maria do João que são famosos na internet?Como "bombam" de comentários?Como ganham Brindes... OK, o seu Blog não é melhor/pior por não ter tanto reconhecimento quanto esses blogs. Porém, o seu blog é um espaço que podes escrever e expressar seus sentimentos. E vamos combinar, você se identifica muito mais quando você mesma escreve, do que, quando você somente lê as postagens desses outros blogs...Valorize-se!

2. Responsabilidade com a Identidade do seu Blog;

Layout pobre já vem adicionado quando o criamos um blog ou layout free modinha que todos estão usando. Confesso que, isso é a primeira coisa que observo e me deixa desanimada a continuar lendo um blog. Já desanimada, percebo que os textos não foram bem enquadrados: Linhas tortas, gagteds bagunçados e espaços demais (ou a falta deles) me fazem desistir de ler o texto. Dá preguiça!

3. Responsabilidade com a sua escrita;

Qual tipo de assunto você quer escrever no seu Blog? Moda, Beleza ou Cultura? 1° Leiam artigos sobre esses assuntos! 2° Tenha opinião própria! e 3° Tendo o domínio do assunto escreva com responsabilidade sobre o assunto escolhido e com um diferencial que é; a sua opinião!

4. Imagens/Fotografias

A imagem tem uma participação importante na "ilustração" da postagem. Com as postagens fotográficas (look do dia ou resenhas) devemos tomar cuidado com a qualidade das nossas fotos (Até com celular podemos fotografar.) E na duvida de tratá-la no Photoshop não faça! Hoje em dia, o que mais se vê na blogosfera é "Look do dia" com fotografias sem qualidade: escura demais ou clara demais com céu estourado... Um horror! 

5. Criatividade;

Na minha opinião, esse é o assunto mais cri cri da Blogosfera! Pois, não é somente sobre a blogueira "copycat". Mas, sobre a blogueira que não arrisca a escrever nada além dos "assuntos da semana". Semana passada, eu fui visitar o meu "Blogrool" e um Blog que era um assunto que todos os outros blogs já tinham feito uma postagem sobre esse mesmo assunto... Resultado: li a postagem pela metade e nem tive vontade de comentar.

As minhas Dificuldades de escrever...



1. Colocar a ideia no papel;

Ter um Blog pessoal te dá um "leque" de assuntos infinitos para escrever uma postagem bacana: Sobre a vida, filmes, fotografia, livros, músicas... Porém, de vezenquando quero romancear a life, querendo descrever sentimentos/momentos de uma maneira mais leve, por exemplo: Esse texto, demorou 1 ano para ser escrito! Ficou meses com apenas cinco linhas no rascunho do meu blog.

2. Titulo;

Escrever um texto nem sempre é tão fácil... Com muito sufoco, conseguimos escrever uma boa postagem. Concordo com a Fernanda quando ela escreveu que:"Você tem uma baita postagem, mas se tiver o título errado, ninguém lê". Eu critico muito, quando a blogueira joga um titulo "sensacionalista" em uma postagem bacana, mas, não condiz com o titulo bombástico... Me inspiro no titulo da musica que eu estiver ouvindo no momento, releio a minha postagem para ver se as palavras chaves combinam em um titulo bacana... Enfim, esgoto todas as possibilidades.



E você? O que você gosta e não gosta nos blogs? Qual a sua dificuldade ao postar? 
Compartilhe aqui com a gente.


15 julho 2015

Projeto 52x5 - Semana 14: Meus sites preferidos na internet:



Esse post faz parte do projeto 52X5 .
Explico melhor o projeto nesse post aqui.

Nessa postagem, apresentarei as 52 questões a serem respondidas em cada semana. Pretendo responder ao projeto todas as Quartas-Feiras. O projeto iniciou-se no dia 04/06/2014 e acabei pausando esse e outros projetos aqui no blog e esse mês pretendo re-começar.



Lado Milla: Sei que isto pode parecer um tanto presunçoso, mas, o meu blog é sim o meu “site preferido da internet”. Um espaço que se parece muito comigo e com meu jeito de viver a life... Encontro-me em cada linha que escrevo em meus textos.


Monocromática: O meu blog fotográfico é onde coloco os meus registros fotográficos e é um espaço que eu gosto também, Mesmo quando não atualizo muito...

Youtube:  É o site queridinho para: Música, filmes e clipes sempre estou ouvindo e indicando vários videos desse site.



Canva:  Há primeira vez que li sobre o Canva, foi no blog da Lominha. Confesso que essa ferramenta também ganhou meu coração! Ela proporciona a criação de imagens profissionais para quem não entende nada de design, é gratuita e super intuitiva: Canva! Com ela você pode criar (essas) imagens que eu usei nesse post Tudo isso na base do clica e arrasta, com layouts pré-montados que dão total liberdade de edição!


Colourlovers: Outra ferramenta que foi uma "mão na roda". Ela proporciona a criação de "background" profissionais para quem não entende nada de design e tem um "banco de imagens" que você pode colorir deixando-o personalizado. Alás, o meu "background" desse site e o mais importante é totalmente gratuito!

Você conhece algum desses sites?

13 julho 2015

Filme: Cidades de Papel (Paper Towns).


'Bem, desperdicei minha vida inteira, mas pelo menos 
invadi o SeaWorld com Margo Roth Spiegelman 
no último ano do colégio. 
Pelo menos "carpei" um diem."

O livro Cidades de Papel foi o 4° livro que li do autor John Green... Depois das ultimas leituras (Teorema Katherine e Deixe a neve cair) fiquei cri-cri com o John Green deixando o livro Cidade de Papel na prateleira dos "livros não lidos". No mês de Dezembro, resolvi dar uma chance para esse livro que iria completar 1 ano na prateleira dos livros "não lidos" da estante. 

Esse livro, serviu para que eu fizesse as pazes com o autor John Green... A leitura que mais se aproxima da "A Culpa É Das Estrelas" com escrita tipica do John Green sem deixar o leitor entendiado. Li o livro em menos de uma semana, e não economizei nos post its. 


No ultimo dia 9 de julho de 2015, foi o lançamento do Filme Cidades de Papel nos cinemas de todo o Brasil. Mesmo gostando da leitura, mantive as expectativas baixas diante das adaptações literárias do John Green.

resenha do filme:

Quentin acreditava que cada um tinha o seu pequeno milagre. O dele eraMargo, a garota da casa ao lado, com quem cresceu e de quem foi muito amigo durante a infância. Mas, no decorrer da adolescência, ambos se afastaram e Margo se tornou intocável, inatingível, quase um mito, alimentando, assim, a imagem fantasiosa que o garoto tinha por ela, por quem sempre foi apaixonado.
Q era o típico adolescente perfeitinho. Nunca tinha matado aula, só tirava notas altas, sonhava em cursar medicina depois que terminasse o colégio e, aos 30 anos, queria casar e ter filhos. Seus planos pareciam estar bem encaminhados, já que Quentin evitava correr riscos. Porém, certa noite, sua vida virou de pernas para o ar, quando Margo invadiu o seu quarto e pediu a ajuda para realizar uma missão.
Tudo o que Q sempre quis é que Margo precisasse dele, que voltassem a ter aquela conexão que tinham quando eram crianças, por isso, mesmo que meio a contragosto, decidiu ajudá-la e, juntos, percorreram as ruas de Orlando, em plena madrugada, pregando peças e se divertindo como Q nunca tinha antes. Ele ainda não sabia, mas as coisas nunca mais seriam iguais depois daquela noite.
Entretanto, como tudo que é bom acaba cedo, Quentin sofreu uma grande decepção quando percebeu que Margohavia sumido. Onde será que a menina tinha ido parar? E por que ela tinha desaparecido daquele jeito, logo depois deles terem se reaproximado tanto?
Margo sempre foi uma aficionada por mistérios e, inconscientemente, acabou se tornando um, já que Quentin se convenceu de que a garota havia deixado pistas para ele, e que sua nova incumbência seria encontrá-la, e Q não sossegaria até conseguir.
Assim, uma "caça ao tesouro" foi iniciada, e Quentin e seus amigos embarcaram numa grande e libertadora aventura que lhes renderia muito mais do que um pote de ouro no final do arco-íris.
Os roteiristas desse filme foram realmente incríveis e se preocuparam com a fidedignidade da adaptação, ao inserirem diversas passagens do enredo de maneira literal a ponto de termos transcrições de falas e de pensamentos. Todavia, é óbvio que nenhuma adaptação é 100% fiel à sua obra de origem. Nesse caso, alguns trechos do livro faltaram, enquanto outros tantos que não existiam foram colocados, mas nada que prejudicasse a trama.

"Uma cidade de papel para uma menina de papel. (…) Eu olhava para baixo e pensava que eu era feita de papel. Eu é que era uma pessoa frágil e dobrável, e não os outros. E o lance é o seguinte: as pessoas adoram a ideia de uma menina de papel. Sempre adoraram. E o pior é que eu também adorava. Eu tinha cultivado aquilo, entende? Porque é o máximo ser uma ideia que agrada a todos. Mas eu nunca poderia ser aquela ideia para mim, não totalmente.guarda roupa planejado.".

"Cada pessoa é um mundo..." fiquei pensando nessa frase ao decorrer do filme. Tanto a Margot quanto os outros personagens eram mais do que estávamos vendo diante dos nossos olhos cada um carregava um "mundo particular". E devemos olha-las como uma janela, não um espelho. Tanto o filme como o livro bastante reflexivo, que nos faz pensar sobre a vida e sobre o que as pessoas significam para nós, e também sobre como botamos algumas delas num pedestal e esquecemos que elas são seres humanos como qualquer um.

12 julho 2015

Canção de Segunda #10 - "O Filho do Seu Menino"


Essa TAG faz um mês que não atualizo. Essa semana. pretendo voltar com as poucas TAG´s que estão praticamente mofadas pelo arquivo de postagens nesse Blog.



  


O filho do seu menino ficou rapaz
Garoto de gênio bom e trabalhador
Criado pra ser um homem
Pra ser bom pai tem que ser bom filho
Quem tem palavra é nesse mundo um vencedor

Quem olha só os prazeres que a vida traz
E vive nas entrelinhas dos homens sem raiz
Se enche de amores falsos
Pois hoje em dia tem gente que vive de fantasia
No desespero de ser feliz

Eita, na virada do tempo
Um pai tira versos de amor
A vida pode ser dura mas tem momentos de alegria
que há poesia batendo a porta do sonhador

Eita, na virada do tempo
Meu pai tira versos de amor
A vida pode ser dura mas tem momentos de alegria
que há poesia batendo a porta do sonhador

O filho do seu menino ficou rapaz
Garoto de gênio bom e trabalhador
Criado pra ser um homem
Pra ser bom pai tem que ser bom filho
Quem tem palavra é nesse mundo um vencedor

Quem olha só os prazeres que a vida traz
E vive nas entrelinhas dos homens sem raiz
Se enche de amores falsos
Pois hoje em dia tem gente que vive de fantasia
No desespero de ser feliz

Eita, na virada do tempo
Um pai tira versos de amor
A vida pode ser dura mas tem momentos de alegria
Que há poesia batendo a porta do sonhador

Eita, na virada do tempo
Meu pai tira versos de amor
A vida pode ser dura mas tem momentos de alegria
Que há poesia batendo a porta do sonhador
O filho do seu menino ficou rapaz



11 julho 2015

Projeto [101 em 1001]

(053) Fazer Postagens Mensais sobre o andamento do Projeto 101/1001
Esse projeto eu migrei do meu Blog anterior ... A única postagem que fiz sobre o projeto foi sobre a minha estante . O projeto foi finalizado no dia 03 de março e esqueci de fazer essa postagem falando sobre os itens concluídos e os não concluídos.



A Missão:
Completar 101 tarefas predefinidas em um período de 1001 dias.
Critérios:
As tarefas devem ser específicas (ou seja, sem ambiguidade) com resultados que sejam mensuráveis ou claramente definidos. As tarefas devem ser realistas e representar certo esforço para completa-las.
Por que 1001 Dias?
Muitas pessoas têm criado listas/metas com objetivos frequentemente simples, como as resoluções de Ano Novo. Só que quase invariavelmente a procrastinação acaba vencendo o esforço. Estabelecer um prazo mais realista como  1.001 dias (cerca de 2,75 anos) torna os objetivos mais palpáveis, um período de tempo maior nos permite várias temporadas para completar as tarefas, o que é melhor para a organização  das mesmas, ao mesmo tempo que permite recomeços em caso de algum ‘fracasso’.
Início: Segunda, 23 de julho de 2012.
Término: Segunda, 03 de março de 2015.
Concluído -  Cancelado 


 (001) Comprar ou ganhar uma câmera fotográfica (abril de 2012)
(002) Começar um curso de fotografia (Julho á dezembro de 2012) 
(010) Comer um fruta por dia (por 30 dias)
(011) Dormir antes das 23h00min e acordar antes das 07h00min em dias de semana (por seis meses) (Julho de 2012)
(012) Não roer mais as unhas (Desde 2010)
(013) Tomar outro tipo de refrigerante.
(014) Comer pelo menos um tipo de salada no almoço e no jantar. 
(020) Doar Sangue 
(028) Fazer as Unhas Semanalmente durante um semestre 
(029) Comprar um estojo de 12 canetinhas da Fabber Casttel 
(030) Comprar um estojo com 12 lápis de cor da Fabber Casttel
(033) Comprar um livro de fotografias (ganhei de um amigo em 2012 e outro ganhei do curso) 
(034) Comprar um Bom óculos de Sol [fevereiro de 2010] 
(048) Blogar pelo menos uma vez por semana (nos dias de semana) 
(049) Participar de um projeto de fotografias (6on6)
(054) Retribuir e visitar blogs amigos. 
(070) Ir três vezes ao teatro [1] [2] [3] 
(071) Fazer aula de dança 
(081) Viajar em família 
[(092) Andar na beira-mar ouvindo um som 
(093) Fazer um cruzeiro 
Comprar uma estante para guardar os meus livros. 
(004) Guardar os trocos em moedas (janeiro de 2013). 
(005) Acordar cedo e não ficar enrolando na cama 
(006) Beber mais líquidos durante o dia 
(007) Ficar sem tomar Coca- cola por uma semana. (promessa de 365 dias ) 
(008) Ler um capitulo toda noite de um livro de escolha própria 
(009) Rezar antes de dormir por 1 semana 
(017) Estudar na biblioteca da faculdade todas as quartas-feiras [Julho/2014 - Julho/2015] 
(018) Frequentar um Templo Cristão por pelo menos um semestre e meio 
(019) Ser paciente com as pessoas as quais dificilmente eu seria 
(021) Não entrar em nenhum relacionamento confuso ou que não tenha nenhuma possibilidade de dar certo. 
(022) Conhecer outras doutrinas religiosas além da católica 
(035) Comprar pelo menos cinco livros por seis meses 
(037) Ler pelo menos um Livro dos clássicos da literatura 
(027) Fazer Exames Gerais 
(040) ler algum livro da Clarice Lispector 
(041) Ler cinco livros inspiradores de filmes que já assisti [1] [2][3][4][5] 
(046) Assistir 10 filmes que ‘todo mundo viu’ menos eu [1][2][3][4][5][6][7][8][9][10] 
(047) Ir ao Cinema uma vez por mês por 12 meses consecutivos [1][2][3][4][5][6][7][8][9][10][11][12] 
(050) Fazer uma lista ilustrada de 101 coisas que me fazem Feliz 
(070) Ir três vezes ao teatro [1] [2] [3] 
(051) Montar um Blogue de fotografias estilo um portifolio 
(082) Fazer um Piquenique 
(091) Participar de uma manifestação com teor Político
 (072) Ir a 10 bons shows [1] Acústicos e Valvulados [2] Nenhum de Nós

[3]Engenheiros do Hawaii[4] Falamansa [5] Rappa
[6][7][8][9][10]

(015) Pensar em um tema para o TCC e estudar
(032) Revelar 30 fotos (Clikadas por mim) por mês.
(079) Scanner as fotos da Família
(080) Escrever (e enviar) 10 cartas manualmente [1] [2][3][4][5][6][7][8][9][10]

(086) Tirar uma foto de mim mesma no primeiro dia de cada mês dos 1001 dias



(053) Fazer Postagens Mensais sobre o andamento do Projeto 101/1001
(016) Começar um Estudo de Idioma
(023) Ler a bíblia.
(024) Fazer Clareamento Dentário
(025) Fazer limpeza de pele
(026) Fazer pelo menos uma sessão de massagem
031) Comprar um caderno de desenho e desenhar uma vez por semana
(036) Re-lêr os livros da minha estante.
(038) Ler toda a Obra de Machados de Assis
(039) ler Harry Potter
(042) Ler 10 livros Clássicos da psicologia (Acadêmicos mesmo) [1] [2][3][4][5][6][7][8][9][10]
043 Catalogar meus Livros
(044)Presentear 10 amigos com Livros [1][2][ [3][4][5][6][7][8][9][10]
(045) Assistir todas as indicações do Oscar pra Melhor Filme durante o tempo do Projeto
2012 [1][2][3][4][5][6][7][8][9][10]
2013 [1][2][3][4][5][6][7][8][9][10]
(052) Fazer uma Lista com minhas 101 músicas preferidas
(073) Aprender 15 receitas Novas
(074) Preparar um jantar
(075) Procurar um antigo desafeto e pedir desculpas
(076) Fazer um Encontro pra reunir 10 a 15 amigos da faculdade
(077) Fazer algo Diferente por/ para minha mãe
(078) Fazer uma Faxina Geral na Casa (aplicar o desapego)
(083) Acampar
(084) Escrever em um caderno de caligrafia
(085) Revelar 500 fotos [36/500]
(089) Fazer 20 itens dos 365 nunca.
(090) Presentear um Desconhecido com um Ingresso
(094) Plantar um Ipê
(095) Criar uma cápsula do tempo para abrirmos depois de 10 anos
(096) Fazer um desenho em folha em branco e guarda-los em uma pasta
(097) Arrumar as musicas no MP3.
(098) (…)
(099) (…)
(100) (…)
(101) (…)

07 julho 2015

Mês a mês: Cores



No mês de Abril eu comentei aqui no Blog que iria participar de dois projetos fotográficos. Hoje no dia 07/07 é dia do projeto mês a mês que consiste em postar cinco fotos de sua preferência e para esse mês das mães escolhi : "A evolução da minha estante".












Veja o Mês das outras blogueiras que estão participando do Projeto: 

06 julho 2015

#MLI2015 & Desafios Literários.


Quando o assunto é leitura; SEMPRE vou preferir a qualidade do que a quantidade por isso leio MUITO devagar... Nesse primeiro semestre, eu li 12 livros. Minha meta de leitura foram dois livros por mês, mais do que li no ano passado inteiro! Foi pensando nisso, que há tempos eu estava pensando em participar de alguma Maratona dessas que pipocam na Blogosfera nessa época.

Soube hoje sobre um desafio literário criado pelo canal Geek Freak a Maratona Literária de Inverno 2015 (#MLI2015).

A Maratona Literária de Inverno 2015 consiste em um desafio de LEITURA INTENSA durante o período de um mês (de 06 de Julho a 03 de Agosto). Durante esse mês, todos os participantes são encorajados a ler uma quantia maior de livros do que a que estão acostumados. Ao montar a sua TBR (to-be-read / livros a serem lidos), os inscritos são livres para escolher a quantidade e os livros que quiser Pra deixar tudo mais divertido, o Vitor inseriu semanas temáticas para o período e, se quiser, você pode escolher livros que se encaixem nesses temas (você pode conferir quais são os temas/desafios aqui e, de quebra, também fica sabendo mais sobre o evento!).

Eu montei a minha TBR (to be read, livros que pretendo ler) sem seguir nenhum tema proposto pela Maratona prefiro assim... esses livros estavam na parte dos livros não lidos há um tempinho...
 

A #MLI 2015 começa HOJE e vai atéééé o dia 3 de agosto. Escrevo as resenhas dos livros que vou lendo e posto no final da Maratona.

05 julho 2015

life's a climb...♪

Sobre o tal do trabalho de conclusão de curso

Sempre fui uma pessoa quieta e isso era confundido como ser calma. Porém, quem me conhece a mais tempo percebe que a calmaria passou longe... Tenho gastrite, a psicanálise explica que "Quando a boca não fala o corpo responde." mesmo eu sendo quieta, a resposta dos eventos estressores vem com uma dor no estômago infernal. Hoje eu sei, que alguns desses "momentos estressores" estão ai para serem superados sempre! e que esses momentos mesmo sendo ruins, óbvio, também é uma parte boa, e que os próximos momentos que vierem também virá recheados de lições e ensinamentos. Enfim, não foi disso que eu vim falar. 

Sempre lembro do sentimento de "frio na barriga" nos primeiros dias de aula do ensino fundamental/médio e como era confortável encontrar um colega que sentasse próximo para dividir essa ansiedade. 

Meus 3 anos de colegial foram entre trancos e barrancos. O primeiro ano do ensino médio foi bacana: tinha amigos, recreios cheio rolos e papos, trabalhos que duravam um dia inteiro na casa das amigos... Esses mesmos amigos mudaram de cidade e de escola e eu permaneci, cursando o segundo ano : / No ano seguinte, fui para o Terceirão e acabei não acompanhando o ritmo louco "vestibular!" e acabei voltando para a escola anterior... Nessa época, nasceu a vontade de fazer faculdade de Psicologia e que eu passaria 5 anos, estudando só as matérias que eu gosto! Principalmente, nunca mais veria matemática na minha vida!

Meu primeiro dia de aula na faculdade foi assustador! Eu, recém saída do ensino médio com uma turma de alunos já na sua 3° e 4° graduação... Me senti "pequena" diante dos assuntos e opiniões MEGA elaborados e eu ficava quieta com medo de falar alguma besteira. Segui com essa turma até a 5° fase, tive que refazer algumas matérias e acabei diminuindo a quantidade de matérias do semestre. Dessa turma se formaram poucos alunos (menos de 10 alunos) alguns foram desistindo durante os semestres... Mas, não é sobre isso que eu vim falar.

As turmas do curso de Psicologia que "Migrei" durante esses semestres tinha uma característica em comum: Desunião (mal de humanas?). Tínhamos uma nota a N3 "trabalhos em grupo" quando eu não tinha a opção de fazer individualmente sempre foi um "parto" de achar um grupo decente. Minhas piores crises de gastrite se devem a esses momentos de maior stress durante esses dez semestres da graduação.

Cheguei a trancar a faculdade 2x: Há primeira vez, eu não tava vendo mais sentido no curso que escolhi,.. Depois de ter feito um estágio não obrigatório desses que pagam mal e não tinha nada haver com Psicologia.... Fui fazer Administração, foi a fase que eu mais me diverti! Era uma turma de jovens animados toda sexta-feira tinha encontro da turma e balada TODO final de semana... No final do semestre eu decidi voltar para o curso de Psicologia. Há segunda vez, eu tirei umas férias de um semestre. Me desentendi com a supervisora de estágio na época, quando voltei no segundo semestre e soube que eu não fui a única a "profissional" se desentendeu com outras alunas também e acabou sendo demitida. Prossigamos, porque ainda não é disso que vim falar.

Vim falar sobre o TCC. Na semana passada, eu apresentei o meu Trabalho de Conclusão de Curso naqueles longos e intermináveis 30 minutos entre a minha apresentação #tremia e mais trinta minutos da pontuação dos avaliadores e o recebimento da nota. Em momento algum, pensei na nota... Queria passar TODO o meu conhecimento do projeto em si, e que toda a minha trajetória até ali não foi em vão teve crescimento em todas as etapas principalmente dos estágios (Básico e Específico). No dia seguinte, minha supervisora me mandou um e-mail, parabenizando-me pela apresentação e informando que a  minha nota foi 9,5. Fiquei Feliz!



Em 2005, achei que esse momento nunca chegaria e em 2010 achei que não iria me formar em Psicologia... Agora, estou aqui, sentada escrevendo sobre toda a minha trajetória e confirmando aquela velha história que diz  que: A vida " não é sobre o quão rápido chegarei lá/não é sobre o que está me esperando do outro lado. É a escalada...".



03 julho 2015

[Micro-Contos]: Ponto final.



Sabe qual é o problema Moreno? 

Eu sempre aposto todas as fichas e "gasto" todas as possibilidades possíveis (e impossíveis) para estar ao seu lado. Mesmo quando eu dizia ser "a ultima vez..." no dia seguinte eu sempre voltava atrás.... 

A amizade poderia ter prevalecido. Porém, depois de tantas idas e vindas nem mesmo sei se eu te conheço... Ouço seu nome, porém as lembranças que eu tenho de você sempre são confusas, com um gosto amargo de ingratidão... Éramos amigos, e de uma hora para outra sua companhia se transformou em um "vácuo existencial" até virar um NADA.
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo