22 de fevereiro de 2018

Vamos mudar?


_Vamos mudar? 

Mudar... Primeiro eu mudei de fase do desenvolvimento humano; bebê, criança, adolescente e jovem adulto... Mudei de idade, os meus 18 anos de idade pesaram muito mais que os meus atuais 30 anos. 

Mudei de personalidade; Ao longo desse tempo fui moldando os meus pensamentos, sentimentos e a minha maneira de agir ao longo dos meus vinte e tantos anos... . Sinto saudades de quem eu era... Embora, eu saiba que não posso voltar atrás. 

Morei em um pequeno apartamento até os 06 anos de idade. Quando eu completei 07 anos, meus pais acharam que eu precisava socializar com as crianças da minha idade... Então, junto com os meus pais eu mudei de endereço; indo morar em uma casa localizada em um bairro cheio de crianças de diferentes faixa-etária. 

Mudei de companhias, colegas, amigos, amores... Descobri um pouco tarde o real significado da frase “Sua melhor companhia é a si mesmo”... E que os melhores aprendizados acontecem de dentro para fora, e não ao contrário como um dia eu pensei. 

Você veio no meio de TODAS essas mudanças. E desde a sua vinda até o seu abrupto "adeus" bagunçou meus pensamentos e sentimentos e bagunçou ainda mais a Life... Depois de um tempo você quis voltar, como se nada tivesse acontecido... Como se nada tivesse mudado, como se ainda eu tivesse no mesmo lugar esperando você voltar. 

Porém, eu mudei muito, e não preciso que acreditem na minha mudança para que eu tenha mudado é só observar minhas atitudes e verá que, mesmo eu sendo eu mesma, com essa coleção de clichês que me cercam e cercam minhas palavra eu nunca mais serei a mesma.




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais. 
Estarei comentando com vocês sobre o BEFA (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5

21 de fevereiro de 2018

O que você quer de aniversário?


Desde que eu era bem pequena essa pergunta me deixava um tanto sem graça. Primeiro fui educada que, não é de bom tom, ficar pedindo presentes. Outra é que, mesmo quando insistem na pergunta eu nunca sei de verdade o que pedir.

No dia do meu aniversario. O que eu quero? Ah, se já lembrou o dia por mim já está ótimo. Para não dizer que sou totalmente avessa aos presentes gosto daquele em forma de “lembrancinhas” não é algo caro. Mas é algo simples que fez a outra pessoa lembrar-se de você. É gratificante ver que uma pessoa parou para pensar e criar alguma coisa para você, ao invés de só pegar alguma coisa pronta. Acho uma coisa legal de se ver. Mostram que se importam. Mas, admito que,gostaria de ganhar meus presentes em dinheiro para assim poder comprar minhas “bugigangas”.

“Mesmo que não veja muito sentido em aniversários. Parabéns? Parabéns pelo quê? Por sobreviver mais um ano? Um dia para as pessoas serem legais com você? Compensar todos os 364 dias do ano que sequer lembraram seu nome? Talvez pra tentar ser convidado pra sua festa ou sabe-se lá.”

Esse ano, meu aniversario cai em uma Quinta-Feira. Vou usar esse dia para me concentrar, ter um dia meu mesmo, como sugere os aniversários... Talvez maratonar alguns episódios do FRIENDS comendo uma panela de brigadeiro... e Manter os pensamentos leves. Eu acredito que, isso atrai energias boas o ano todo. 

Fazer aniversário nesses dois primeiros meses do ano funciona como um ano novo com 365 dias de novas possibilidades... Costumava gostar dos anos pares, bem mais que, os anos ímpares. Porém, o ano de 2016 foi tão "caquinha" Que tenho medo de continuar afirmando isso... Uma coisa é certa: não espero presentes de ninguém! Talvez o meu maior desejo de aniversario. É aquele trecho da canção da Vanessa da Mata: Quero só noticia boa/ Quero paparicações no meu dia, por favor,/ Brigadeiros, mantras, música/ Gente vibrando a favor/.


19 de fevereiro de 2018

Aquele do passeio de trem...



Ouvindo: Eu me sinto um estrangeiro / Passageiro de algum trem / 
Que não passa por aqui / Que não passa de ilusão...

Tracionada por uma autêntica locomotiva a vapor, a nostálgica viagem traz de volta o romantismo das antigas viagens de trem, em um passeio com toda sua poesia relembrando os velhos tempos em que o progresso chegava pelos trilhos.


O passageiro é recepcionado na estação com som de música ao vivo já na plataforma. O trem parte ao tocar o sino e o apito da velha Maria Fumaça, são 25km que proporcionam aos jovens uma viagem no tempo e para as pessoas de meia idade um momento de retornar a infância numa volta ao passado, onde se revive uma época que ainda vive em suas memórias e corações.



São 25km, segue pelo interior de Piratuba, passando pelas localidades de Auto Maratá, Distrito de Uruguai, Volta Grande e antiga vila de ferroviários, sempre acompanhando a margem esquerda do Rio do Peixe. 

Esses garotos estavam tomando banho no rio. 
A paisagem é da Mata do Rio Uruguai em cenário de pequenas propriedades rurais, o ponto alto do passeio é a passagem sobre a ponte do Rio Uruguai, tal encontro é conhecido culturalmente como a nascente do Rio Uruguai, encontro do Rio do Peixe com o Rio Uruguai. Neste local o passageiro passa sobre uma grande ponte, importada da Bélgica com 455 metros de extensão, após a passagem da ponte a chegada a Estação Ferroviária de Marcelino Ramos

É um passeio histórico cultural. Os passageiros são recepcionados na estação com animação musical, durante o passeio o passageiro é acompanhado por monitores, serviço de bordo e músicos. O passeio tem um percurso de 1h15 de ida, 1h30 de parada e 1h30 de retorno chegando aproximadamente às 18h. Na parada em Marcelino Ramos os passageiros tem a oportunidade de realizar um passeio ao Santuário de Nossa Senhora da Salete.

Nossa Senhora da Salete




Ah, não deixe de me acompanhar nas Redes Sociais.
Estarei comentando com vocês sobre o Blogmas2k17 (principalmente no Snap!!):
Snapchat: Lmilla5
© Lado Milla
Maira Gall